quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Leitura

domingo, 22 de agosto de 2010

Desafios

Sinais de pontuação

*****************************************

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Finalização da Reescrita Branca de Neve

Resultado Final da Reescrita do Conto Branca de Neve.
Pra quem quiser tem todos os moldes no mês de junho. Se divirtam.




Minha sala de aula

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Cruzadinhas


Essa cruzadinha eu desenvolvo sempre com banco de palavras, mas não foi possível postar aqui. Deste modo, coloco as palavras na lousa, pertencentes ou não à cruzada, com o objetivo de problematizar ainda mais a atividade, assim se torna desafiadora e produtiva até mesmo para os alunos não alfabéticos.



****************************** 

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

A Casa

Esse vídeo é uma graça!!!
Muito legal para passar para os alunos e trabalhar a poesia.


Gibi atividades

Sequência GIBI - ATIVIDADES

Magali
MAGALI É UM PERSONAGEM BASEADO EM PESSOA REAL.
A MAGALI REAL É FILHA DO MAURICIO (COMO A MONICA E MARIA CEBOLINHA) E A MAGALI PERSONAGEM É UMA DAS CRIAÇÕES MAIS SIMPÁTICAS E CONHECIDAS DA TURMA.
A DE VERDADE COMIA UMA MELANCIA INTEIRA EM CRIANÇA. DAÍ O PERSONAGEM SEGUIR SEUS HÁBITOS.
MAS APESAR DESSE APETITE TODO, MAGALI CONTINUA ELEGANTE E FEMININA. É A ÚNICA QUE NÃO VIVE BRIGANDO COM A MÔNICA.
TEM UM GATO, O MINGAU, E VIVE COM OS PAIS.


FONTE:PORTAL TURMA DA MÔNICA

Sequência GIBI

Seqüência de atividades: “Turma da Mônica”

Público Alvo: 2º ano
Período: 3º Bimestre de 2010. (início 16 de agosto)
Justificativa: A Turma da Mônica e todos os demais personagens criados por Maurício de Souza com um tipo de mensagem carinhosa, alegre, descontraída, dirigida a crianças e adultos de todo o mundo, encanta leitores de todas as idades e classes sociais. Os alunos divertem-se mergulhando no mundo de fantasia e humor presente nas páginas das HQ, que são de leitura fácil e prazerosa, que ajuda as crianças e adolescentes a descobrirem o encanto pela leitura. Conhecer um pouco da história de Maurício de Souza e do surgimento dos personagens de suas HQ é uma atividade importante para que os alunos descubram a importância desse autor no mundo da leitura.
Objetivo Geral: Incentivar a leitura e o conhecimento e conservação do acervo de materiais da escola.
Objetivos Específicos: Preparação de uma sala para leitura, com ambiente bem agradável; - Exibição de filmes da Turma da Mônica; - Realização de Rodas de Conversa e Leituras Compartilhadas, para conversar com os alunos sobre a importância do autor, seus personagens e também sobre a conservação do acervo da escola.
Alunos motivados para a leitura; Maior conhecimento sobre a obra e o autor; Maior cuidado no manuseio do acervo da escola.

Créditos: Cláudia Losane Teixeira

Cronograma de Atividades:
·      Filme em DVD – A turma da Mônica. Documentário sobre os personagens e o autor da obra.
·      Pesquisa sobre a vida e obra de Mauricio de Sousa; (diferentes maneiras de pesquisa: livros, revistas, Internet...)
·      Características sobre os ambientes que suas histórias retratam: aspectos físicos, geográficos... Espaços: casa, praça, escola...
·      Atividades de leitura e escrita envolvendo personagens da Turma da Mônica. Trabalhando com os personagens da obra: para cada personagem estudado. Estas atividades e temáticas são sugestões que poderão ser modificadas conforme o andamento de nossos trabalhos.
MÔNICA:
·          Características da personagem e música;
·          Nascimento da Mônica... Nosso nascimento;
·          Família que a Mônica tem; e a minha?
·          Comemorando o dia das mães!
·          Brinquedo preferido: o sansão e o meu qual é?
·           Brincadeiras preferidas: brincadeiras folclóricas                
                                                                                                                                       
PELEZINHO:
·          Características do personagem;
·          Diversidade: o menino é negro...
·          Copa do mundo: regras do futebol, torcida, bandeira do Brasil e de outros Países, fardamento, pontuação...
·          Qual o objetivo de um jogo;
·          Importância do esporte para a saúde;

MAGALI:
·          Características e música da personagem;
·          Alimentação saudável;
·          Alimentos característicos das diferentes etnias: gaúcho, alemão, baiano... e a culinária da festa Junina;

CEBOLINHA:
·          Características do personagem e música;
·          Linguagem – a troca de letras, brincando com o vocabulário...
·          Diferentes tipos de textos: cartas, bilhetes, jornal...

CASCÃO
·          Características;
·          Trabalhando com a higiene;
·          Ele tem medo da água, e você? Trabalhando os medos
·          Importância sobre a preservação da água;
·          Joga muito bem o futebol e adora inventar planos com seu amigo Cebolinha; os jogos que você gosta de jogar;

CHICO BENTO:
·          Características do personagem e música;
·          Meio ambiente – onde o Chico mora: diferenciação sobre o campo e a cidade;
·          Animais: do sítio, da cidade, extintos, zoológico, estimação...
·          Passeio com a observação da vida no campo;

ANJINHO:
·          Características;
·          Os anjos existem?
·          Qual seu papel na festa de natal?
·          Características da festa de natal...
·           
O trabalho com os personagens pode variar, seguindo ou não o cronograma citado acima, conforme a necessidade da sala de aula.
AVALIAÇÃO
A avaliação será realizada de maneira contínua, no decorrer das aulas mediante a observação diária do aluno, sua participação em sala de aula, e no desenvolvimento dos alunos em relação aos avanços do uso da linguagem oral. Tendo como principais pontos observados se o aluno:
·        Compreende e identifica o gênero textual e suas características;
·        Utiliza elementos coesivos característicos da língua escrita na releitura.
·        Faz a releitura dos textos lidos, observando os aspectos notacionais e discursivos.
·        Reconta os textos do gênero, apropriando-se das características do texto-fonte.
·        Narra acontecimentos, respeitando a seqüência temporal e causal.

Incentivos

Letra Cursiva

Situação problema

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Ativ Contos



******************************
******************************

Colorir Folclore








Projeto Folclore

Esse é um projeto que uma colega me emprestou mas ainda não desenvolvi, nem deixei-o com a minha cara, mas tem colegas que pediram mesmo assim.
Beijinhos  e bom trabalho.

********************************************************************************
 PROJETO BRINCANDO COM FOLCLORE

1.     Apresentação
Turmas: Creche e Pré-Escola
Duração: 15 dias

2.     Justificativa: Na idade pré-escolar, as crianças estão passando por uma transição em relação ao seu comportamento, pois estão começando a mesclar um comportamento anteriormente apenas formado por reflexos (proveniente de quando eram bebês), com uma nova fase: a linguagem. Nesta transição a criança sente necessidade de fingir ser alguém, de fantasiar situações. Daí surge toda a simbologia refletida nas brincadeiras de faz-de-conta. Elas vivem num mundo imaginário onde são capazes de pensar e agir imitando situações variadas. Com isto, vemos a importância de se trabalhar o Folclore. Pensamos aqui, no Folclore como um grande quebra-cabeça, um grande brinquedo, em que cada peça é fundamental: as danças, as lendas, as brincadeiras, as parlendas, as adivinhações, as cantigas, as receitas, os brinquedos, etc. Essas são as peças que formam esse jogo chamado cultura brasileira. Quanto mais se brinca com esse jogo mais se conhece a cultura do nosso país, logo ele não poderia ficar fora do espaço pré-escolar.

3.     Objetivo: Promover o desenvolvimento integral das crianças, dentro de um ambiente com propostas lúdicas e de cunho educativo, pois a cultura de um povo é um bem precioso que deve ser cultivado. E nosso objetivo é tirar a poeira da palavra Folclore e brincar com as possibilidades que ela oferece.

4. Conteúdos
a)     Conceituais: Construir conceitos com as crianças sobre o que é folclore através de experiências vivenciadas por elas.
b)    Procedimentais: Permitir que as crianças se apropriem de conhecimentos da cultura humana como novas formas de brincar, cantar, dançar, falar, etc.
c)     Atitudinais: Incentivar a valorização e o respeito pelas diferentes formas de viver de diferentes grupos e pessoas.

 5. Áreas
a)     Formação Pessoal e Social: socialização, respeito, valorização do outro, autonomia, iniciativa.
b)    Linguagem Oral e Escrita: fala, diálogo, argumentação, parlenda, travalíngua, adivinhações, cantigas, escrita, receita, leitura, lendas, textos informativos.
c)     Natureza e Sociedade: história dos brinquedos e brincadeiras, diferentes formas de cantar, brincar e contar histórias.
d)    Movimento: dança, brincadeiras.
e)     Música: cantigas.
f)      Arte: dramatização de lendas.
g)     Matemática: construção de brinquedos (formas, cores, medidas, receitas).

6.     Recursos: livros e revistas (fontes de informação), sucata, papéis coloridos, cola, tesoura,  Cds com histórias e cantigas, brinquedos, fantasias, máquina fotográfica, filme fotográfico.

7.     Avaliação: A observação das formas de expressão das crianças, de seu envolvimento nas atividades e satisfação nas próprias produções será um instrumento de acompanhamento do trabalho que ajudará na avaliação e no replanejamento da ação educativa.

8.   Atividade Culminante: Exposição para os pais, do Projeto Brincando com o Folclore, através de fotos, materiais de pesquisa, materiais coletados e confeccionados pelas crianças e apresentações.

domingo, 1 de agosto de 2010

Festa Junina